16/02/2015 Número de leitores: 813

A manhã e seus deuses - Y. Fujyama

Redação Cronópios Ver Perfil

Elogiado e muito festejado por Sérgio Milliet, Valdemar Cavalcanti, Mário Chamie, Renata Pallottini, Raduan Nassar e muitos outros intelectuais e artistas importantes, o poeta Y. Fujyama deixou de publicar após o lançamento do seu segundo livro de poemas: A manhã e seus deuses. Estamos falando de 1958. O primeiro livro, Nítida paisagem, é de 1955. Por que Y. Fujyama deixou de publicar mesmo após a excelente receptividade de seu trabalho? Seus livros de poemas são raríssimos - o Valdir Rocha, idealizador e produtor desse documentário, adquiriu o último exemplar que encontrou no site Estante Virtual. E como o livro está esgotado, o Valdir providenciou um PDF da obra para podermos tomar conhecimento desse grande poeta. O link para você baixar o arquivo está logo abaixo. O documentário foi gravado durante uma visita do poeta Y. Fujyama ao nosso grupo de escritores, cantores, compositores e poetas, organizado pelo Valdir Rocha em seu estúdio. Você tem aqui a oportunidade de conhecer a pessoa e a obra de um dos grandes poetas brasileiros do século 20. E agora também do século 21, porque Y. Fujyama nunca parou realmente de escrever e está planejando um novo livro. 

Assista agora mesmo. Leia Y. Fujyama. É um privilégio.

 


Ficha técnica:

Agradecimento: Y. Fujyama

Entrevistadores: Eunice Arruda, Valdir Rocha, Celso de Alencar e Rosely Lordello

Produção: Valdir Rocha

Som direto: Rosely Lordello

Câmera e montagem: Pipol

Realização: TV Cronópios, Portal Cronópios


Presente:

        A manhã e seus deuses
                Y. Fujyama    

                Clique aqui

 

 

Redação Cronópios