04/08/2015 Número de leitores: 1532

Camusiana

A. Zarfeg Ver Perfil

Como ser um santo diante da miséria e da revolta terminais?

Como ser um santo diante do absurdo e sem-sentido da vida?

Como ser um santo diante de tantos mistérios insondáveis?

Como ser um santo diante do silêncio dos deuses de papel?

Como ser um santo diante de Sísifo humanamente repetitivo?

Como ser um santo diante de Sísifo repetitivamente humano?

A. Zarfeg