13/10/2015 Número de leitores: 295

Somos Alice e Amanda

Dom Edson Ver Perfil

Eu senti. Senti elas se estapeando dentro de mim. Amanda e Alice são duas filhas, completamente, diferentes. Elas crescem dentro de mim, nascem e depois voltam para o meu ser como uma flor cansada de manifestar o seu perfume. O ciclo dessa gestaçãoé contrária. Contraditória. Todos nós temos uma Amanda. E uma Alice também. Alice é calma, serena e racional. Amanda? Impulsiva! Insensívele furiosa. Alice chora. Amanda rir e aumenta a voz ao gargalhar. Alice perdoa. Amanda quer ou apenas sente o desejo de se vingar. Alice queria, às vezes, ser Amanda. E lá no interior da alma, Amanda tem uma simples vontade de saber como era ser como Alice. Eu sou Alice e Amanda. E mesmo os que se tornaram Alice possuem também uma Amanda sonolenta em seu intimo. E aquelesque são Amanda não admitem que possuem uma Alice mais viva do que imaginam. Quando Alice vem em mim, eu penso na vida. Gosto de limitações. Choro por lembranças. E penso nos amigos e nas bebedeiras que já se foram. Quando Amanda me derruba, porque a sua chegada é forte e inegável , eu quero a vida. As limitações são porteiras destroçadas. E os amigos que se foram, eu não os quero mais, pois somente os fieis grudam na tua carne em qualquer estação do ano. E ficam. E para Amanda, os momentos continuam sendo momentos, “agoras” e sem depois. Alice se arrepende da excitação que ocorre, casualmente, entre suas pernas. Amanda? Quer sexo. Muito sexo. E não se envergonha da ereção que teve sentada no assento do ônibus. Ninguém é Alice demais ou Amanda obstante para continuar levando a vida. Elas estão oscilando em nós o tempo todo. Somos bipolares naturais. E não há dia que uma das duas nos surpreenda. Ora para nos dar direção ora para bagunçar nossa cabeça como um furacão. É normal ser Alice. Faz parte se tornar Amanda. Elas trazem equilíbrio e movimentam nossos passos. Não nos deixam parado. Não finja ser somente Alice, pois você não poderá ser. Não queira orgulhar-se em vestir, majoritariamente, Amanda, porque há uma Alice que chora quando você deixa de encenar Amanda. Viva Alice! Salve Amanda! Duas personagens que aparecem sempre no palco de nossa trajetória.

(Dom Edson)

Dom Edson