Foto: Ricardo Biserra

Novo Cronópios (fundado em 19 de março de 2005)


Saiba mais


Projeto, arquitetura e arte: Pipol

O portal Cronópios completou 10 anos, em março de 2015. Já entramos em águas profundas do ano DEZ.

A literatura é um bem da humanidade. Ninguém é dono da literatura. A arte não tem dono.

Até pode parecer, mas a arte não pertence a grupos com poder, seja econômico ou midiático.

A história da arte, da literatura, não é a história dos vencedores. Pode parecer que sim, mas não é.

O texto de um prêmio Nobel de Literatura foi submetido a várias editoras num envelope fechado e assinado com um nome fictício. Os envelopes foram encaminhados pelos correios. Nenhuma editora aceitou publicar os originais do autor desconhecido. Esse é um experimento clássico no estudo do comportamento humano.

“Grupos de guitarra, baixo e bateria não fazem sucesso, estão fora de moda” - disse um executivo da gravadora EMI ao dispensar os Beatles.

Experts em vinhos são sempre pegos de supresa quando são submetidos a testes cegos de apreciação e avaliação de vinhos. Um exemplo: duas garrafas de um mesmo vinho bom, de qualidade, são colocadas lado a lado. Das garrafas foram retirados os rótulos. Ao especialista é informado que um dos vinhos custou R$20,00 e o outro R$90,00. Depois é pedido que o especialista destaque as características de um vinho e do outro. As descrições dos “dois vinhos” são completamente diferentes. O especialista é capaz de citar peculiaridades de sabores e matizes raras no vinho mais caro. No vinho mais barato é apontado coisas como acidez elevada ou falta de maturação da uva etc...

Ao tomar conhecimento disso é que fui entender o que parecia uma grande surpresa, que era o grande número de textos incríveis que o Cronópios recebe vindos de todos os cantos do país, e também vindos de autores muito jovens. Através da imprensa, da crítica literária, da universidade, televisão etc, nós não ficamos sabendo o verdadeiro tamanho da cultura brasileira. Isso se dá por um pouco de maldade, muita preguiça, e sujeição ao esteriótipos próprios do mecanismo mental.

A sorte é que apareceu um cara chamado Tim Bernes Lee, que inventou a world wide web, a WEB, e a deu de presente para a humanidade. Ele poderia patentear a sua criação e ganhar muito dinheiro. Ele é mesmo uma pessoa diferente da maioria. Lembro imediatamente do Santos Dumont. Ele também colocou sua invenção a serviço da humanidade. Qualquer pessoa podia pegar o projeto do avião Demoiselle e construir a sua versão do modelo. Esse talvez tenha sido o primeiro projeto open-source do mundo.

Ciente dessa distorção de julgamentos que todos nós estamos sujeitos, e com uma ferramenta tão poderosa como a web à nossa disposição, não temos o direito de pensar pequeno. Não podemos agir com pensamento formatado. O Cronópios tem DNA criativo e inconformista. O Cronópios é também um empreendimento iconoclasta.

A web, passou por pelo menos três transformações nesse período. Transformações tecnológicas, de performance e de cultura de uso. O Cronópios acompanhou atento todas essas 'revoluções' da web, pois é fruto legítimo dessa tecnologia. Nos últimos três anos partimos para o desenvolvendo da nossa nova plataforma, do nosso 'Novo Cronópios', como passamos a denominá-lo. E o resultado desse trabalho todo está aqui para você.

Pipol, Editor-fundador
IN MEMORIAM (1961-2015)

PORTAL CRONÓPIOS - Fundado em 19 de março de 2005

O QUE SÃO CRONÓPIOS

Do livro Histórias de Cronópios e de Famas, de Julio Cortázar.

Os cronópios são criaturas verdes e úmidas, distraídas, e sua força é a poesia. Eles cantam como as cigarras, indiferentes ao cotidiano, esquecem tudo, são atropelados, choram, perdem o que trazem nos bolsos e, quando saem em viagem, perdem o trem, chove a cântaros, levam coisas que não lhes servem.