nizarsoares@yahoo.com.br

Nizar Soares
www.cronopios.com.br/rede/nizarsoares


BIOGRAFIA

Nizar Soares é um brasileiro natural de Belo Horizonte – MG nascido no ano de 1969. Aprendeu a gostar de literatura com o pai, de origem libanesa, que lhe deu o gosto pela leitura. O Seu irmão também foi um grande responsável, ao incentivar a leitura dos livros da serie “A turma do posto quatro” onde fez do autor Nizar Soares, um feroz leitor.

A biblioteca da sua residência era composta de clássicos como William Shakespeare, Dante Alighieri e Edgar Allan Poe que era desfrutado por toda a família.
Já com gosto apurado pela literatura mundial, Nizar Soares passava tardes lendo e relendo grandes enciclopédias que o ajudou a desenvolver a curiosidade infantil do autor.
Foi na adolescência que conheceu os autores que o influenciaram no gosto pela filosofia, poesia, contos e crônicas. Lia incessantemente Friedrich Nietzsche, Arthur Schopenhauer, Miguel de Cervantes, Rubem Braga, João Ubaldo Ribeiro, Fernando Sabino e principalmente a literatura do Brasil oitocentista.
Seu primeiro livro “Um sonho filosófico” foi escrito aos 13 anos de idade. O seu primeiro livro de poesia veio logo depois aos 15 anos, onde foi profundamente influenciado pelos poetas: Augusto dos Anjos, Cruz e Sousa e Fernando Pessoa.

Foi com Machado de Assis que incutiu no autor o gosto pela leitura de contos e principalmente escrevê-los. Desta influência resultaram os livros: O Guarda-Chuva e O Relógio da Torre.
A escolha literária pelos pequenos contos se deu pela necessidade de leitura rápida e menos entediante. Com a globalização e acesso aos meios digitais com milhares de obras a disposição, o gosto pelas histórias rápidas tornou-se sua preferência.
Percebe-se claramente que o gosto do autor vem alterando do modelo de leitura longo para curtas mensagens. Foi escrito nesta fase os livros: Crônico e Recalque.

Nizar Soares nos diz que, para o brasileiro com pouco gosto pela leitura é fundamental um texto curto, interessante e com semifinais em cada capítulo. Só assim prenderá o leitor com pouco hábito em uma boa leitura.


VER MAIS
Acesso ao seu Perfil
Email
Senha
Se você já é autor(a) do Cronópios, já tem sua PÁGINA ATIVA na Rede Cronópios. Clique aqui e solicite login e senha para ativar seu perfil.