marciofurt@hotmail.com

MARCIO JOSÉ FURTADO
www.cronopios.com.br/rede/marciofurt


BIOGRAFIA

Marcio José Furtado é capixaba de São José do Calçado, nascido em 18 de junho de 1943. Filho de Acácio Dias Furtado e Maria José Furtado, passou a maior parte de sua juventude na fazenda Penedo, fundada pelo seu bisavô – José Francisco Furtado de Mello, dividindo com seus oito irmãos (ao todo, sendo seis homens e três mulheres) o privilégio de viver numa fazenda, onde a família desfrutava de muita fartura, tendo como alimentos os produtos agrícolas e da pecuária advindos de uma produção isenta de agrotóxicos e trabalhada num regime de meeiros onde o produto básico era o café.

 

Durante toda a infância e juventude, Marcio construía seus próprios brinquedos, fazendo toras virarem rodas de carretas, sabugo de milho virar bois e, com os irmãos mais novos e amigos (filhos dos colonos) brincavam com extrema liberdade pelos verdes campos – jogando bola e pegando passarinhos -, pelas ladeiras íngremes de terra batida – descendo com as carretas de madeira

 

Veio a escola – na época, no meio rural, o ensino primário era compreendido por três séries, onde apenas uma professora lecionava para todas as turmas juntas. O quarto ano foi feito numa escola no perímetro urbano, tendo sido mais como um preparatório para o exame de admissão ao ginásio. Ingressou no Ginásio em 1958, na cidade onde nasceu. Durante os dois primeiros anos, teve de enfrentar uma distância de seis quilômetros (entre a Fazenda dos pais e a cidade), fazendo o percurso todos os dias a cavalo. Como, desde criança, gostava de jogar futebol, chegando à equipe titular do time Penedo Futebol Clube (time de futebol da Fazenda Penedo) com 14 anos de idade, logo conseguiu fazer parte da equipe juvenil do Motorista Futebol Clube de São José do Calçado, tendo como recompensa o custeio de suas despesas de alimentação e pernoite, podendo dedicar mais tempo aos estudos. Durante o período do curso ginasial e parte do ensino médio, passou a integra as equipes titulares do Motorista Futebol Clube (1 ano) e do Americano Atlético Club (4 anos) também de São José do Calçado, tendo se transferido para Cachoeiro de Itapemirim, no ano de 1964, para concluir o ensino médio, quando teve a oportunidade de jogar no Estrela Futebol Clube que custeou suas despesas nessa cidade.

 

Em 1965, voltando a São José do Calçado, mais precisamente para a Fazenda Penedo, passou a estudar para o vestibular de Arquitetura, que seria realizado na cidade do Rio de Janeiro. Como não conseguiu aprovação no vestibular, voltou para a fazenda, passando a ajudar o pai nas atividades de campo e ainda tinha tempo para se dedicar ao futebol, tendo sido, em meados de 1966, convidado pelo preparador físico do Fluminense Futebol Clube, do Rio de Janeiro, para treinar no tricolor nas Laranjeiras. Num dos treinos, sofreu um derrame no pé direito, o que fez com que encerrasse a carreira de jogador de futebol.

 

Voltando a São José do Calçado, foi convidado por um de seus ex-professores do Colégio de Calçado para ingressar no magistério, mais especifica


VER MAIS
Acesso ao seu Perfil
Email
Senha
Se você já é autor(a) do Cronópios, já tem sua PÁGINA ATIVA na Rede Cronópios. Clique aqui e solicite login e senha para ativar seu perfil.