galvandagalvao@gmail.com

Galvanda Galvão
www.cronopios.com.br/rede/galvandagalvao


BIOGRAFIA

2007-2017 e antes

                                                                     Galvanda Galvão

 

 

Poderia me apresentar ao avesso? A pergunta para percorrer territórios, os tempos, por entre os contrários seria adnavlag, assim em minúsculas letras, de algum modo adentrar as frestas. Correspondências curiosas com um modo outro, tentativa de ser própria, insana numa sociedade de consumo, nadar contra a maré ou como disse Duchamp: ” eu não fiquei apenas boiando! Eu tive oito anos de natação.” Estudei dramaturgia no teatro de Arena Eugenio Kusnet com Chico de Assis, uma experiência em diálogo com a cidade, as laminas nas palavras: sou quando não estou ou estou mais quando não sou? Percursos dadaísta, poesia, colagens, fotografia,  estilhaços sonoros em uma produção sibilante, historias e invenções. Com a fotografia materializar o movimento, as cenas da cidade em dissolução, a brincadeira a insistir em oposição a reprodutibilidade, o deslocamento como mote, traços da voz e do silencio em meio a transitoriedade: Clarice Lispector, Hilda Hilst, Artaud, Brecht, Gertrude Stein, Octavio Paz, Khlebnikov, Chantal, Agnes Varda, Maya Deren, muitos,  muitos, etc. Transformar o que esta dentro, trans-formar o que esta fora. Tocar o impossível.


VER MAIS
Acesso ao seu Perfil
Email
Senha
Se você já é autor(a) do Cronópios, já tem sua PÁGINA ATIVA na Rede Cronópios. Clique aqui e solicite login e senha para ativar seu perfil.